Propaganda Faber-Castell televisionada na década de 1980. Não foram as cores, - na época a TV da casa daquela criança era em preto e branco - foi o composto de som e movimento da imagem que ativaram naquela criança o desejo pelo desenho e a fixação pela profissão.